Encceja e EJA é a mesma coisa? Entenda a diferença!

Com nomenclaturas semelhantes e relacionados aos dois mais importantes níveis de educação básica, é muito comum ver pessoas se perguntando: Encceja e EJA é a mesma coisa? Se você também tem dúvida, veja aqui tudo que precisa saber para esclarecer isso.

jovem sentada em mesa em meio a livros e cadernos se mostra pensativa
Imagem: Freepik

O Encceja

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) foi criado pelo Governo Federal, em 2002, para fornecer certificados de conclusão de Ensino Fundamental ou Ensino Médio.


O EJA

Também criada pelo Governo Federal, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) tem uma história mais antiga, sendo uma modalidade de ensino regulamentada em 1996, por meio da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei nº 9394).


Encceja e EJA é a mesma coisa?

Embora tenham o mesmo objetivo: formar pessoas que não concluíram a educação básica, porque não tiveram oportunidade de estudar na idade certa, Encceja e EJA não é a mesma coisa.

O Encceja, que é realizado pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), é uma prova que avalia os conhecimentos de seus participantes, verificando se estão aptos a se formar em um dos dois níveis da educação básica.

Já a EJA é uma modalidade de ensino, especialmente criada para facilitar a formação de pessoas que, de forma geral, são trabalhadores, ou seja, é um curso que tem aulas como a escola, porém com uma metodologia diferenciada, que reduz o tempo de estudo.

Pessoas fazem prova em uma sala
Imagem: Freepik

O que Encceja e EJA tem de parecido?

Apesar de não ser a mesma coisa, o Encceja e a EJA tem suas semelhanças.

Como mencionado acima, ambos têm o mesmo objetivo, que é fornecer certificados de conclusão do Ensino Fundamental e Ensino Médio para quem não conseguiu concluir os estudos na idade certa.

Prepare-se!

Mudanças do Encceja 2024

Novas Regras, Prova e Certificados.
Conferir
Você permanecerá no site atual

Além disso, os dois projetos governamentais têm o mesmo critério de idade mínima para participação, sendo necessário ter 15 anos para se inscrever com objetivo de formação no Ensino Fundamental, e 18 anos para os interessados em se formar no Ensino Médio.

Jovens realizam atividades juntos na sala de aula
Imagem: Freepik

Quais são as diferenças entre Encceja e EJA?

A principal diferença entre Encceja e EJA é o método de obtenção do certificado de conclusão, já que o primeiro fornece o diploma por meio de uma única prova, enquanto que para obter certificação no segundo, é preciso passar por um curso completo.

O Encceja é realizado anualmente, exclusivamente pelo Inep, por meio de um edital que determina seu cronograma de realização e regras, sendo dividido em três etapas: a inscrição, a prova e o resultado do ENCCEJA, cada uma com prazo específico.

A EJA tem inscrições abertas durante todo o ano, sendo realizado por inúmeras instituições de ensino, tanto públicas, quanto privadas, podendo ser desenvolvido de forma presencialmente ou a distância, tendo duração de até 4 anos para nível Fundamental e 18 meses para Médio

A EJA também costuma ser dividida em três etapas, mas de ensino e não realização, veja quais são elas:

  • Etapa I: corresponde aos primeiros cinco anos do Ensino Fundamental;

  • Etapa II: corresponde aos quatro últimos anos do Ensino Fundamental;

  • Etapa III: corresponde aos três anos no Ensino Médio.

Outra diferença entre os dois é que o Encceja é gratuito, enquanto a EJA pode ser gratuita se desenvolvida em uma instituição de ensino pública, mas também pode ser paga, se o estudante optar em fazê-la em uma instituição de ensino privada.

Homem segura diploma em canudo amarrado com laço vermelho diante de si em foco
Imagem: Freepik

Qual é mais difícil?

O nível de dificuldade de aprovação na EJA pode ser considerado menor, tendo em vista que o aluno passa por diversas avaliações, além das aulas com professores qualificados, que o preparam para as avaliações.

No Encceja, o nível de aprovação acaba sendo mais difícil, pois o participante precisa se preparar sozinho, e é avaliado por conhecimento de um enorme volume de conteúdo, aprendido normalmente em 9 e 3 anos de estudo.

Qual é o melhor?

O Encceja e o EJA são duas formas legítimas de obter formação na educação básica, que dão a seus formandos a possibilidade de continuar seus estudos cursando o ensino superior, não tendo nada que faça um melhor do que o outro.

Cabe ao estudante verificar qual dos dois se encaixa mais em sua rotina, disponibilidade de tempo, forma de aprendizado e objetivos. Então analise os dois e escolha sua melhor opção.

 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Cristina Barbosa
A Redatora Cristina é especialista no universo educacional e produtora de conteúdo online desde 2015. Com o seu conhecimento e experiência, traz para o portal Encceja 2024, artigos atualizados e confiáveis sobre o mundo educacional para todos os nossos leitores.